Categories
General

O QUE É ARDUINO

Hoje você vai entender o que é Arduino, para que serve e como funciona.

Então vamos lá,  o arguido foi criada 2005 por um grupo de cinco pesquisadores Massimo Banzi,  Gianluca Martinho , David Cuartielles, David Mellis, Tom Igoe, o objetivo deles era elaborar um dispositivo que fosse barato funcional e fácil de programar,  sendo dessa forma acessível a engenheiros,  desenvolvedores, empresas,  estudantes,  e makers surgiu assim o arduino,  ele tem um microcontrolador Atmega  que é o cérebro da placa e  ele que  programamos para realizar os nossos projetos,  além de microcontrolador a placa possui diversas entradas e saídas e pode ser facilmente conectado a um computador, através de um cabo usb para programá-lo utilizamos um programa chamado IDE  e a linguagem é baseado em  C e C++ ,  as entradas e saídas do arduino são esses pinos laterais também chamados de portas é através destes  pinos  que a placa interage com os outros componentes.

O microcontrolador vai receber e enviar comandos através dessas portas de acordo com o que foi decidido a sua programação,  depois de programada a placa arduino pode ser usada de forma independente sem a necessidade de um computador, o programa fica salvo na placa e basta você fornecer energia para ele  funcionar ou seja que você programa a placa,  leva para onde quiser e começa em um cabo usb ou fonte chaveada que o problema que está gravado nela já vai começar a rodar.

Mas você deve estar essa perguntando no que eu vou usar isso?

A lista  de possibilidades é praticamente infinita,  você pode utilizar o arduino para controlar um robô,  um ventilador,  as luzes da sua casa,  a temperatura do ar condicionado,  e pode utilizá-lo como instrumento de medição,  tudo vai depender da sua criatividade.

O arduino é bastante utilizado por escolas e colégios que ensinam programação eletrônica existe uma quantidade enorme de sensores e módulos que podem ser utilizados em conjunto com arduino seus projetos,  existem também os chamados tios que são placas você encaixa no seu arduino para expandir as funcionalidades.

O arduino possui diversos modelos,  mas mais conhecido é o arduino Uno, mas também existe arduino mega que  possui um número maior de pinos de entrada e saída também o arduino Nano que possui dimensões reduzidas.

Categories
General

Conheça Carlos Barbosa, um símbolo da cultura italiana no RS

Próxima a Bento Gonçalves (conhecida pelos vinhos) e Garibaldi (famosa pelos espumantes), Carlos Barbosa se destaca na região pela produção de queijo e também faz parte da rota do passeio de Maria Fumaça.

Conheça o Passeio maria fumaça gramado

A cidade de Carlos Barbosa recebeu o nome em homenagem ao ex-governador do Estado e também foi porta de entrada de uma boa parte dos italianos que imigraram para a região a partir de 1870, o que ajudou a moldar a cidade como é hoje.

Na verdade, o município recebeu povos de várias localidades, foram alemães, franceses e vários. Mas foram os italianos os principais responsáveis pela fundação e crescimento do lugar.

Veja como fazer o passeio de maria fumaça em gramado

E mesmo que faça parte da rota da Uva e Vinho, se destaca pela produção de queijo (há até um festival para celebra para produção da iguaria) e pela fábrica da Tramontina, a primeira da empresa no país.

Embora passe despercebida, diante das vizinhas famosas, é difícil visitar a cidade e não notar os traços da influência italiana, desde o estilo de vida familiar até a gastronomia do local.

Conheça o Passeio maria fumaça gramado

O roteiro L’Amore Di Colonia, realizado na comunidade de Santo Antônio do Castro, que fica a 13km do centro da cidade, foi idealizado para demonstrar a importância da imigração italiana para a cidade. E permite que você visite 08 localidades que revivem a cultura italiana na região.

Desde antigas construções de templos religiosos, a carpintarias e restaurantes que oferecem comidas típicas da Itália. Há até um passeio de carretão acompanhado de música cantado ao vivo num dialeto que mistura italiano e português.

Embora possa ser deixada de lado nas visitas ao Vale dos Vinhedos Carlos Barbosa apresenta seus charmes e experiências únicas aos turistas, que vai além das visitas a velha fábrica da Tramontina e as produtoras de laticínios e queijos, que não devem ser deixadas de lado nos roteiros de viagem.

Veja como fazer o passeio de maria fumaça em gramado

É sempre bom tirar um tempo para apreciar a gastronomia do lugar, pois a cidade oferece delícias para todos os bolsos. Você vai se apaixonar pela comida de origem italiana que é servida na região.

Categories
General

Como fazer suas próprias etiquetas escolares

Hoje eu vim mostrar como você pode personalizar o material escolar das crianças em diferentes temas e de um jeito muito,  muito fácil, vamos lá?

Eu confesso que adoro esse clima de volta às aulas me remete muito a minha infância,  eu lembro com carinho enorme como eu era feliz no dia de a papelaria para comprar coisas novas,  para um novo ano escolar,  eu acho que deve ter sido por essa época que eu me apaixonei por papéis e canetas.

Hoje eu me realizo de novo a cada ano comprando material escolar da minha filha,  escolhendo cadernos,  mochila,  e depois com a ajuda dela adesivando tudo deixando tudo identificado os arquivos digitais,  etiquetas escolares,  já são sucesso no site da tuty tem algum tempo,  mas esse ano eu trouxe uma novidade agora é possível você preencher os campos editáveis no arquivo em pdf,  imprimir e cortar usando a sua siluette.

Eu vou te mostrar como fazer agora os arquivos de etiqueta em pdf eles têm essas  três marquinhas pretas na folha em cada canto, que são as marcas de registros da sua siluette, você preenche então o campo editável do seu arquivo lá no seu computador e imprimi, depois é só fazer o download de grátis  do

gabarito de corte,  lá no site da tuty. 

São cinco arquivos no formato estúdio já pra você  abrir e fazer os cortes nas suas etiquetas cada um para uma folha,  você coloca folha impressa na base e manda

cortar.

Uma dica importantíssima é que você não deve ajustar o tamanho da impressão jamais,  o arquivo tem que ser impresso em 100%,  no tamanho e formato originais senão a siluette não vai conseguir ler as marcas de registro e o corte não tem como dar certo combinado.

Para essas etiquetas aqui eu usei o papel fotográfico adesivo fosco.

Eu gosto muito desse papel porque a impressão fica resistente à água crianças.

Outra opção é imprimir os adesivos em gráfica no vinil adesivo,  que é aquele adesivo que ele pode ser lavado que não desmancha, dá para imprimir na gráfica e cortar na siluette,  você só vai ter que ajustar as configurações do corte porque o vinil,  ele normalmente é um pouquinho mais fino, menos espesso que o adesivo comum,  e além dos adesivos eu também uso os modelos de etiqueta no pdf para fazer tags para a mochila para  lancheiras. 

É importante lembrar que se você quiser fazer as etiquetas para vender alavancar o seu pequeno negócio você precisa adquirir os kits  com licença comercial direto no site tuty, a licença é essencial para quem quer vender as etiquetas e nela você encontra lista de todos os usos que você pode fazer do arquivo,  eu posso garantir que essa é uma excelente maneira de aumentar o seu portfólio e conquistar novos clientes.

Saiba mais sobre adesivo de parede, adesivo infantil e placas quadros decorativos