Candidíase Oral: Saiba o que é e como tratar essa infecção fúngica

A candidíase oral é uma doença conhecida pelo nome de sapinho e é comum afetar bebês e crianças pequenas devido a baixa imunidade. 

Além de afetar crianças, a candidíase oral tem sido grande em pessoas que possuem imunidade baixa devido algumas doenças que enfraquecem o sistema imunológico.

Geralmente ela afeta a boca e a língua do indivíduo com manchas brancas. Em casos mais graves, ela costuma incomodar até a forma de engolir os alimentos.

A candidíase oral é de origem fúngica e pode ser transmitida por contato sexual, beijos e compartilhamento de talheres. 

Para ter um diagnóstico preciso é necessário ir ao dentista. Por meio da avaliação da boca, consegue identificar se há a candidíase oral. 

Desse modo, por isso é tão importante ter um odonto empresarial para ter um acompanhamento com profissionais de qualidade, e desse modo, fazer um tratamento adequado.

É importante estar sempre avaliando a própria boca, e ao notar qualquer diferença, procure um profissional para avaliar o caso e tomar os devidos cuidados.

Caso queira entender como funciona a candidíase oral, continue essa leitura para mais informações.

O que é a candidíase oral e quais são os sintomas? 

A candidíase oral é causada por um fungo cujo nome é Candida albicans. Ele pode levar ao aparecimento de manchas e lesões brancas por toda a cavidade bucal. 

Essa doença causa lesões brancas que são mais comuns na língua e por dentro das bochechas. Ela pode ser mais prejudicada caso a pessoa escove ou raspe a língua com muita força provocando até mesmo sangramentos e piora das lesões.

Em casos um pouco mais severos, a candidíase oral pode afetar a garganta e amígdalas,  prejudicando até mesmo o modo de engolir os alimentos. 

Essa condição pode afetar todo tipo de pessoa, mas são mais acometidas em bebês cujo sistema imunológico está em formação, além de indivíduos com baixa imunidade devido a doenças ou outras condições como uso de dentadura de corticoides inalatórios. 

Pode afetar pessoas que possuem câncer e fazem radioterapia e quimioterapia, levando a boca seca o que potencializa a candidíase oral. 

Essa enfermidade pode ser percebida por um dentista quando ele nota lesões na cavidade bucal. Quando ele identifica o problema, é importante ter um plano odontologico pme para ter fácil acesso a esses profissionais.

Seus sintomas podem demorar a aparecer mas quando aparecem os primeiros sinais, a primeira coisa para ser percebida, são:

  • Lesões pastosas e esbranquiçadas em qualquer canto da boca; 
  • Perda do paladar; 
  • Sangramentos ao escovar a língua; 
  • Boca seca, rachaduras e vermelhidão em pessoas que usam dentadura;
  • Dor durante a mastigação e escovação dos dentes. 

Ao apresentar esses sintomas, vá imediatamente ao dentista para fazer uma avaliação para identificar lesões causadas pelo fungo cândida albicans. 

Com um convenio odontologico para mei, o acesso aos melhores profissionais especialistas nesses casos é certo, o que auxilia no tratamento precoce.

Quais são as causas e como prevenir?

A candidíase oral é causada pelo fungo cândida e pode ser encontrado nas mucosas, na pele e dessa forma, não interfere na saúde, a não ser que o indivíduo tenha algum problema como baixa imunidade. 

Isso pode fazer com que o fungo se desenvolva e prejudique a cavidade bucal.

Há alguns fatores que podem aumentar o risco do desenvolvimento e que pode ser causado por outras doenças, como:

  • Diabetes;
  • Hipotireoidimso; 
  • Anemia; 
  • Aids; 
  • Leucemia. 

Essa enfermidade nem sempre pode ser prevenida, porém algumas situações cotidianas podem favorecer o não aparecimento da doença, como por exemplo, evitar contato com pessoas desconhecidas e o uso da proteção durante as relações sexuais.

Alguns hábitos saudáveis podem ajudar a evitar a doença, deixando a imunidade mais forte.

Tendo um plano odontologico para microempreendedor individual, você adquire diversos benefícios para cuidar da sua saúde bucal e prevenir o contágio pela cândida albicans, tendo uma vida saudável com o auxílio dos profissionais qualificados. 

Como funciona o tratamento para esse tipo de candidíase?

O tratamento do indivíduo que adquire a candidíase oral, dependerá de cada indivíduo. Ele pode ser feito por meio do dentista, pediatras em casos de crianças ou bebês, além de clínico geral. 

Nesse último caso, o profissional irá passar antifúngicos para acabar com o fungo. Porém, é importante lembrar que nunca se deve usar nenhum tipo de remédio sem prescrição médica, pois isso pode prejudicar ainda mais o problema.   

Geralmente a aplicação dos antifúngicos dura de 5 a 7 dias podendo ser feita em casa por meio de uma prescrição médica. Para isso, é importante ter um plano dental para mei e se consultar com profissionais qualificados.  

Além do tratamento com medicações antifúngicas, é preciso manter uma higiene bucal adequada, além da escovação dos dentes após todas as refeições, evitando alimentos gordurosos e açucarados, pois eles favorecem a proliferação fúngica. 

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Previous Post Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze − 9 =