Dicas para viajar com pouco dinheiro

Dicas para viajar com pouco dinheiro

Se quer dicas de como viajar com pouco dinheiro, então, confira abaixo o que preparamos para você!

Quer viajar, mas o orçamento não está ajudando? Pois saiba que existem muitas opções. E nem sempre é necessário ter muito dinheiro em mãos para aproveitar bons momentos em um lugar diferente, com novos ares.

Sem dúvida, existem diversas maneiras de economizar em uma viagem fazendo um passeio incrível, e gastando pouco dinheiro.

Para isso, você precisa seguir algumas dicas que evitarão gastos desnecessários, e permitirão viajar até mesmo com pouco dinheiro.

Enfim, se você quer conhecer dicas infalíveis para viajar com pouco dinheiro, continue lendo este artigo, e descubra como pequenas atitudes te ajudarão a fazer viagens incríveis e gastando bem pouco. Confira!

6 Dicas para viajar com pouco dinheiro

1 – Viaje na baixa temporada

Essa dica é essencial para ajudar a economizar nas viagens. Tudo fica mais caro em alta temporada, pois muitas pessoas só podem viajar nesses períodos de férias.

Mas, se este não é o seu caso, procure viajar nos períodos de baixa temporada. Afinal, as passagens e hospedagens ficam mais baratas, os passeios turísticos também oferecerão pacotes e preços mais vantajosos e ainda é possível encontrar promoções muito boas.

2 – Escolha destinos baratos

A escolha do destino também é fundamental para viajar com pouco dinheiro. Existe a possibilidade de viajar para destinos na Europa ou para os Estados Unidos, por exemplo, e gastar pouco dinheiro.

Mas, evidentemente, será muito mais difícil do que se você decidir viajar para lugares como Bolívia, Índia, Bósnia, Equador ou México, por exemplo. E, acredite, todos os lugares têm os seus encantos.

Dê preferência para lugares onde o Real seja mais valorizado, pois o seu dinheiro renderá mais. Além disso, outra dica é observar onde o custo de vida é mais baixo.

3 – Dê preferência a hospedagens alternativas

Você pode economizar muito se optar por hospedagens mais simples, pois a hospedagem é um dos maiores gastos nas viagens, e você não precisa de um lugar muito luxuoso quando está viajando. Afinal de contas, a ideia é conhecer lugares e passear, não é mesmo?

Dessa forma, um lugar confortável para descansar e recarregar as energias no dia seguinte, já é o suficiente.

Existem várias opções de hospedagem que são mais econômicas, como pousadas familiares, hostels e albergues.

Os hostels, que antes eram mais comuns para jovens mochileiros, hoje em dia já atraem todo tipo de turista, pois oferece hospedagem barata e em quartos privativos.

Os albergues oferecem quartos coletivos ainda mais baratos, e podem ser uma ótima opção para quem está viajando sozinho.

4 – Evite gastar com lembrancinhas

Pense duas vezes antes de sair comprando tudo o que encontra por aí. É claro que você pode querer comprar algo para agradar uma pessoa especial ou mesmo para você, mas avalie bem

E, se for mesmo comprar, procure mercadorias da comunidade local. Assim, você gastará menos, e ainda trará benefícios para a comunidade.

5 – Atente-se às atrações gratuitas

Nem todas as atrações para se divertir precisam ser pagas. Você pode conversar com os moradores locais, e descobrir formas baratas de se divertir, além de atrações gratuitas.

Para quem gosta de visitar museus ou outros locais, pode pesquisar se existem promoções para dias da semana específicos, e ajustar o seu roteiro.

Também é importante saber que você não precisa conhecer todos os lugares indicados pelos guias de viagem. Escolha os que mais te interessam, e explore a cidade com os seus próprios olhos também. Caminhe e descubra o que ela tem a oferecer!

6 – Fique atento com as refeições

Este item pode levar uma boa parte do dinheiro em uma viagem também. É claro que você não precisa passar fome, mas existem hospedagens que têm cozinha compartilhada, por exemplo.

Assim, você pode comprar algo no supermercado e cozinhar para o jantar, por exemplo. Além disso, você também pode dar preferência para restaurantes fora das avenidas principais e dos locais específicos para turistas.

Pois são mais baratos e podem ser tão bons quanto os outros. Você também pode experimentar pratos típicos nas comidas de rua gastando pouco.

Ademais, levar lanches na mochila também é uma ótima forma de economizar, quando não tiver um local por perto que valha a pena parar para comer. 

Previous Post Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *