Como escolher um advogado criminal

Escolher um advogado para te representar em qualquer situação requer muita pesquisa e referências. Principalmente quando se trata de um advogado do âmbito criminal. O Direito Penal é um ramo do Direito voltado para resoluções de conflitos que violam as leis, lidando com diversos tipos de crimes, como tráfico, crimes econômicos e crimes comuns. O advogado criminal atua em uma das mais importantes áreas do meio social, como liberdade individual, direito de ir e vir e todos os outros direitos fundamentais. 

O advogado criminal tem a função de orientar o cliente no decorrer do processo, além de ficar responsável por diversas outras funções, como o requerimento de hábeas corpus, defesa em ação penal ou inquérito policial, pedido de liberação provisória, pedido de revogação de prisão, revisão criminal, entrada de recursos e pedidos de instauração de queixa crime.

Contrate uma advocacia criminalista agora mesmo 

Quais são os fatores indispensáveis para a escolha de um advogado criminal?

O advogado criminalista precisa estar sempre se atualizando através de pós-graduação, mestrado e doutorado, além de ter plenos conhecimentos de Criminalística, onde o foco é a investigação criminal, tendo diversas técnicas investigativas.

Este profissional é responsável por casos delicados, visto que estes casos tem ligação direta com criminalidade. Em grande parte, esses crimes são relacionados com com roubos, sequestro, assassinato ou violência doméstica. 

Dentro do Direito Penal, é de suma importância que o advogado contratado tenha habilidades investigativas, de pesquisa, de oralidade e também de escrita, já que na hora de construir um caso, esses fatores são extremamente importantes para que seja feita uma boa defesa. Uma forma do cliente notar essas características no profissional é através de conversas e até mesmo de pesquisa pelo portfólio e histórico do seu advogado criminal.

Além disso, é extremamente necessário que o advogado criminal entenda todos os comandos e domínios de todas as normas, regras e leis, principalmente das que podem beneficiar seu cliente durante o processo de julgamento. 

A comunicação, argumentação e oratória do profissional é um ponto muito importante na hora da decisão de contratá-lo. Será de extrema importância para a transmissão de informações e demonstração de argumentos, necessitando ser de forma clara, coerente e coesa.

O bom advogado criminal procura se equilibrar, sem adotar uma postura hostil ou agressiva, percebendo também o momento de ser respeitoso e o momento que deverá ser combativo! Isso contribui para que o profissional seja visto com mais respeito, além de passar uma postura profissional mais adequada, principalmente quando se trata de um ambiente de audiências e julgamentos.

Além disso, o advogado criminal precisa ter a vocação para a defesa intransigente e vigorosa e ter coragem para coloca-la em prática mesmo com as grandes adversidades presentes, como a incompreensão social, táticas com perseguições agressivas e julgamentos. 

Qual o custo para a contratação de um advogado criminal?

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) delega às seções estaduais o dever de publicar tabelas mínimas de remuneração dos serviços prestados pelos advogados, conhecida como Tabela da OAB, visando à manutenção da dignidade da profissão. A tabela poderá indicar honorários em valor determinado, sendo o valor mínimo praticado, e o valor percentual, para fins de honorários de êxito. 

Porém, o advogado poderá prestar serviços em valores superiores aos que constam na tabela. É recomendado ao advogado contratar os seus honorários previamente e por escrito. O contrato de honorários deve prever o serviço que será prestado com o valor, a forma de pagamento e o índice de reajuste da verba honorária.

Aos casos específicos que não podem haver a contratação de um advogado criminal, quem irá atuar será a Defensoria Pública, que se trata de uma instituição essencial à função jurisdicional do Estado, tendo como função a orientação jurídica e a defesa, em todos os graus, dos que precisam. 

A Constituição Federal prevê que o Estado tem que prestar assistência jurídica, integral e gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos. Por isso os serviços prestados pela Defensoria Pública são gratuitos, porque são pagos pelo Estado, disponibilizando assim, um advogado criminal público para ficar responsável pelo caso.

Contudo, é obrigatória, então, a presença de um advogado criminalista em uma situação de acusação de algum delito, onde o profissional irá entender a situação e realizar a defesa da melhor forma possível, garantindo a aplicação correta da Lei no processo.
Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o escritório de advocacia Galvão & Silva. Escritório  especializado em diversas áreas jurídicas para atender todas as suas necessidades.

Previous Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *