Como usar a creatina em sua nutrição saudável?

Para aqueles que praticam exercícios físicos que implicam na força e na explosão, como a musculação, a creatina pode ser um suplemento aliado para melhorar o desempenho físico e evitar lesões. Contudo, assim como outras substâncias capazes de potencializar a performance, o uso da creatina ainda gera muitas dúvidas e mitos. 

O que é creatina? 

A creatina está presente no nosso organismo, de forma a ser produzida não só pelo fígado, mas também pelos rins e pâncreas, através dos aminoácidos glicina, arginina e metionina. O nosso corpo produz cerca de 1 grama de creatina por dia, devendo mais 1 grama ser ingerida através da dieta.

Os alimentos que contêm esta substância são carnes, peixes, ovo, frango, frutos do mar, leite e seus derivados. Assim, pode-se apontar o armazenamento da creatina, feito em grande parte nos tecidos musculoesqueléticos e em menor quantidade no coração, cérebro, músculos lisos e testículos, o que se relaciona diretamente à potência que o suplemento de creatina pode dar para o desempenho de atividades físicas que implicam força e explosão, como a musculação e as corridas de curta distância.

Ademais, pode-se citar que a Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva recomenda o uso da creatina como suplemento nutricional, desde que o seu consumo esteja dentro das diretrizes estabelecidas disponibilizadas no portal de estudo que demonstra a eficácia da suplementação. 

Para que serve a creatina? 

Mesmo que a creatina seja produzida naturalmente pelo nosso organismo, é comum a suplementação desta substância para melhorar a performance. Isso porque a creatina tem como sua principal função fornecer energia (ATP) ao músculo, como também ajudar no fortalecimento das fibras musculares, o que resulta na melhora do desempenho físico e na diminuição do risco de lesões. Com isso, pode-se pontuar que a suplementação de creatina é indicada para o aumento da força, potência e massa muscular (hipertrofia).]

A creatina, quando aliada a uma dieta é um programa de exercícios adequados, pode trazer ganhos aos treinos, por conta de se envolver na produção do ATP, uma fonte de energia usada pelos músculos, principalmente em exercícios anaeróbicos, isto é, de alta intensidade e curta duração. Por conta disso, a suplementação de creatina acaba elevando a tolerância do praticante ao esforço e retardando a fadiga, o que permite maiores cargas e um melhor desempenho nos exercícios. 

Quais são os benefícios da creatina? 

Responsável por desempenhar diversas funções no nosso organismo, a creatina participa da produção de energia e se encontra, principalmente, no músculo esquelético. Em consequência disso, apresentam-se diversos benefícios. 

Abaixo listamos os benefícios da creatina: 

– Melhora o desempenho na atividade física: não por acaso, atletas que buscam uma alta performance fazem uso da creatina, ela é capaz de fornecer a energia precisa, de forma a evitar fadiga e melhorar o desempenho de treinos de força e explosão. 

– Melhora a hidratação: o uso de creatina pode aumentar significativamente a hidratação, por conta de ter a capacidade de levar água para as células do corpo, sendo caracterizada uma hidratação extra que pode tornar os músculos maiores, como apontou uma pesquisa de Smith-Ryan, publicada no American Journal of Lifestyle Medicine. 

Quando tomar creatina? 

É melhor tomar a creatina antes ou depois do treino? Pesquisas apontam que o momento do dia no qual o atleta consome o suplemento de creatina não interfere na sua performance durante o exercício ou na sua recuperação. Pode-se relacionar os benefícios da creatina com a ingestão regular e não imediata do suplemento, que potencializa o rendimento graças ao seu aumento nos músculos. 

Existem diferentes estratégias de consumo da creatina, grande parte delas leva em conta os objetivos do atleta com o treino. Desse modo, pontua-se a importância da orientação de um nutricionista ou um profissional de educação física na hora de iniciar a suplementação desta substância para que sejam ponderadas as capacidades físicas que serão necessárias na prática esportiva desejada. 

Como tomar creatina? 

Muitos atletas ficam na dúvida de como usar a creatina a seu favor, graças à orientação dos profissionais adequados fica mais fácil direcionar a suplementação, sabendo a dosagem e o período recomendados para a prática esportiva almejada.

A recomendação para tomar a creatina é de que a substância seja diluída em água ou na bebida de preferência, como sucos, leites, vitaminas, entre outros. Além disso, a mistura deste suplemento a uma bebida com carboidrato, sejam sucos ou bebidas esportivas, é uma dica muito comum. 

Há diversas opções de marcas que disponibilizam este suplemento. Na hora de escolher qual a melhor creatina, muitos atletas levam em conta características como o preço e a qualidade do produto, podendo ser, até mesmo, previamente recomendado pelo nutricionista ou profissional de atividade física um produto em específico.

Se o que você busca é um suplemento para atletas, vegano e natural, a Creatina Premium da Puravida é uma excelente opção. Conferindo alta performance, este suplemento de creatina micronizada, puro e de sabor neutro, é altamente seguro, sem nenhum efeito colateral negativo. 
Este post foi escrito especialmente para Pdt e é mais uma iniciativa da Puravida em seu propósito de apresentar os benefícios da prática de um estilo de vida saudável.

Previous Post Next Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.